O Tibetano

5 abr

Ele tocou em meu cabelo ao entrar na sala de aula. Foi algo simples porém provocou arrepios por todo o corpo.
Ele falou “oi” e eu não consegui parar de observar os olhos dele. Eram de um verde claro tão bonito que me fez perder noção do tempo. Ele era um tibetano interessante. Da minha altura, porém magro .

Não sei se vim com uma blusa azul levemente transparente de propósito ou se foi a primeira que vi.
Oque sei é que pude notar ele tentando avaliar o tamanho dos meus seios através da blusa.
Normalmente eu ficaria ofendida, porém de alguma forma eu só pensava em sentir as mãos dele nós meus seios ou talvez a boca.
Ele comentou que me Procurou na noite no café que frequentamos e eu só pensava que ele deveria ter me procurado no meu quarto.

Mais uma vez ele tocou meu cabelo porém dessa vez eu não me segurei. Puxei ele e o beijei. Esqueci que estava em sala de aula e com colegas ao redor.
Aquele beijo me fez esquecer toda a dor que havia sentido nos dois últimos meses. Aquele beijo despertou algo dentro de mim que achei ter morrido a longo tempo atrás. Despertou meu desejo.
Então falei no ouvido dele para irmos a um lugar mais reservado, nesse momento o sinal de intervalo tocou e teríamos 10 minutos de intervalo.
Do jeito que eu estava me sentindo sabia que eu não iria durar 3 minutos. Ele me levou pro quarto dele e não falamos nada. Ele me abraçou e sua boca procurou a minha.
Começamos a tirar nossas roupas com urgência , eu não me importando se estava depilada ou não , se estava magra ou cheinha. Nada fazia diferença , eu só queria tocar e sem tocada. Sentir prazer novamente. E ele lendo meus pensamentos beijava meu pescoço me fazendo tremer e gemer. E foi descendo com tanta delicadeza . Tocou um seio e mordiscou o outro. Eu tive o primeiro orgasmo com esse toque , então ele desceu pela minha barriga provocando mais arrepios e me deixando louca pra sentir seus lábios em minha xaninha que a essa hora já estava molhada. E ele delicadamente foi beijando o caminho até ela.
Não demorou muito e logo eu estava tendo um novo orgasmo.
Sussurrei no ouvido dele o quanto desejava senti-lo dentro de mim . Ele sorriu , colocou uma camisinha e fez o que pedi. Ele penetrou devagar, me fazendo ter múltiplos orgasmos a cada vez que ele entrava dentro de mim. Estava tão sensível que só o fato de ele estar dentro de mim já era suficiente para me dar prazer. Ele começou devagar e foi aumentando o ritmo . Eu já não aguentava mais gozar , estava ficando louca. Então abri os olhos e vi que ele estava gozando também , o corpo dele começou a tremer. Eu o puxei e o beijei enquanto gozávamos mais uma vez juntos .
Ele deitou sobre mim e relaxámos um pouco. Então tomamos banho juntos e fomos pra segunda aula.

Loucura Deliciosa

1 mar

Nós nos conhecemos pelo twitter. Estava conversando com um amigo sobre seriados e ele apareceu.

Me deu boas sugestões de filmes e começou a despertar meu interesse.

Postei algumas fotos no #lingerieday e ele fez alguns comentarios que me fez sorrir.

Para mim não existe nada mais excitante do que um homem que me faz sorrir. OK, um homem que sabe meter gostoso também é uma delicia.

Enfim, não demorou muito e estávamos conversando frequentemente. E então do nada me passou uma ideia louca. Eu queria conhece-lo.

Mas não apenas conhece-lo, queria saber como seria ter as mãos dele no meu corpo.Comecei então a imaginar varias situações que poderia me levara sentir. Me masturbei diversas vezes nessa fantasia.

E nada me preparou para o que realmente ocorreu.

Eu morava em uma cidade distante da dele. Mas em uma manhã acordei extremamente excitada e não resisti. Comprei Passagem e decidi ir visita-lo.

Eu iria a noite. Depois que comprei as passagens bateu um certo medo. Mas espantei o medo e voltei a conversar com ele.

Se ele me dissesse algo que me fazer sentir desconfortavel ou se o medo voltasse , eu iria cancelar as passagens.

Passamos o dia conversando e eu confesso que fiquei a procura de sinais que me fizesse desistir.

Mas para a minha surpresa durante uma das conversas ele me disse que tinha muita vontade de me ver ao vivo.

A viagem seria de 2horas apenas.

Eu estava no aeroporto, prestes a embarcar e falei pra ele.

– Vou tomar um banho de banheira , em 2h volto.

Ele sabia que meu banho nunca demora mais do que 10 minutos. Ficou curioso  e não parou de me mandar mensagens, meu celular porém estava desligado pois o voo iria iniciar.

Duas horas depois cheguei a cidade dele e o nervosismo bateu. Será que ele iria gostar da surpresa?

Perguntei por mensagem se ele estaria ocupado, ele me respodeu que estava preocupado. Porque eu havia sumido e etc…

Eu então pergntei novamente se ele estaria ocupado. Ele respondeu que não. Então toquei a campainha.

Ele abriu a porta, estava lindo com um casaco e um short. Eu já havia visto o sorriso dele em fotos, mas ao vivo era cem vezes mais bonito.

Fiquei meio sem graça, já não sabia se havia sido uma boa ideia ou não ir visita-lo.

Ele me convidou a entrar e eu perguntei se poderia tomar um banho, já que não havia tomado.

Ele me entregou uma toalha e fui para o banheiro tomar um banho. Estava super excitada com toda a Imagem  situação, não aguentei e me masturbei no chuveiro. Imaginando as mãos dele tocando meus seios, apertando minha bunda com vontade.Não demorou nada e gozei.

Sai do chuveiro e me surpreendi com o frio. Pedi um casaco emprestado.

Em uma de nossas conversas brincavamos que assistiriamos a um filme juntos.E como seria , eu usando apenas um shortinho e sem sutia e ele teria que estar sem cueca.

Ele estava curioso para saber como tive a ideia sobre visita-lo. Expliquei e assim deitei no colo dele , e perguntei se poderiamos assistir ao filme como haviamos combinado.

Eu sabia que estava sexy, porque o casaco que ele havia me emprestado tinha uma gola larga,  na posição em que eu estava deitada no colo dele , ele conseguia ver  parte dos meus seios.

Imagem

O filme começou e eu tentei prestar atenção ao filme, juro que tentei. Mas estava impossivel. Aquele sorriso que ele me deu ao abrir a porta não saia da minha cabeça. A vontade de prova-los em meus labios estava tornando cada vez mais dificil prestar atenção.

Não resisti e toquei a perna dele, queria saber a sensação de sentir a pele dele. Comecei a tocar o joelho e a subir, tocando apenas as pontas dos dedos. Parei no meio e olhei para ele. Queria ver a reação dele.

Ele sorriu e me puxou, me beijando e me excitando muito com os labios. Não resisti e sentei no colo dele para ficar mais facil de beija-lo. Ao sentar senti o volume e a sensação foi deliciosa. Senti ele pegando com as duas mãos minha bunda e apertando com vontade. Não aguentei e gemi.

 

Imagem

Ele entao subiu as mão para minhas costas e não sei como tirou o casaco. Senti um pouco de frio, mas não durou nada . Senti os labios dele tocar um seio enquanto  o outro ele acariciava com os dedos. Involuntariamente comecei a  cavalgar devagarzinho nele.

Eu não estava aguentando de tesão, queria muito agora sentir o pau dele na minha boca. Eu sabia que ele adorava ser chupado.

Me afastei um pouco para tirar o short dele, percebi que ele havia cumprido o combinado, estava sem cuecas.

O pau dele era delicioso, médio e grosso. Comecei a lamber a cabeça rosada, mas não demorou muito e eu estava tentando coloca-lo todo dentro da minha boca. Estava difícil, por minha boca não ser muito grande. O pau era muito delicioso, desci para lamber as bolas também. Escutei o gemidos dele e isso me excitou a tal ponto que decidi só parar de chupa-lo após ele gozar na minha boca. Voltei a chupar a cabeça sugando mais forte e brincando com as bolas. Senti ele a puxar minhas pernas, fazendo com que minha bunda ficasse mais proxima a ele.

Então escutei ele a me chamar para um 69, do jeito que eu estava excitada não daria certo. Mas ele não me escutou, me puxou e começou a chupar minha buceta. Que lingua deliciosa ele tinha, hora lambia, hora mordiscava. E eu com a boca naquele pau delicioso, não aguentei nem três minutos, gozei muito gostoso na boca dele.

E pra minha surpresa escutei ele perguntar se poderia gozar na minha boca. Não respondi, apenas chupei ainda com mais vontade e não demorou estava lambendo todo o leitinho dele.

Sorri para ele , achei que teriamos que relaxar um pouco até ele ficar pronto pra continuarmos. Mas para a minha surpresa ele não ficou mole.

Continuava duro.

Sorri pra ele, coloquei a camisinha com a boca e sentei naquele pau deliciosamente duro. Comecei devagar por maldade mesmo. Eu estava louca para ir mais rápido, mas para termos orgasmos juntos resolvi ir com calma.

Ele no entanto não estava disposto a ir com calma, segurou as popas da minha bunda e começou a acelerar o ritmo. Me enclinei para que enquanto metia fundo o pau em mim, pudesse ao mesmo tempo mamar meus seios.

Aquilo estava tão gostoso que não demorou e estavamos gozando novamente

Fui buscar agua pra gente e esqueci totalmente de vestir roupas, por sorte estavamos sozinhos na casa dele.

Quando voltei ele sorriu e comentou o quanto me achava sexy. Retribui o sorriso e me abaixei pra colocar a garrafa de agua na mesinha de cabeceira.

Foi aí que ele realmente reparou na minhas tatuagens e na minha bunda.

Me puxou por trás, e eu não conseguia parar de rir da cena. Me colocou de quatro, abriu minha bunda e começou a lamber o buraco do meu cu. Aquilo me excitou de uma forma que não demorou nada e eu estava extremamente excitada. Tão excitada que ele usou a lubrificação da minha buceta no meu cu. Entrou devagar, o pau era muito grosso. No inicio doeu um pouco, estava me rasgando. Após alguns segundos comecei a me acostumar com o pau dele me preenchendo. Foi aí que começou a ação, ele começou a colocar mais fundo. O pau começou a deslisar mais facilmente. Com isso comecei a sentir mais prazer do que dor. Comecei então a rebolar, isso o deixou com mais tesão, ele então começou a dar uns tapas para me incentivar a rebolar mais no pau dele. Enquanto eu rebolava ele também se movia e assim fizemos uma sincronização perfeita, ele então colocou as mãos nos meus ombros e começou a aumentar a força e a velocidade. Aquilo estava me fazendo delirar de prazer, comecei a escutar os gemidos dele e percebi que mais uma vez estavamos proximos dos nossos orgasmos..

Deitamos exaustos na cama dele, meu corpo pegava fogo e ao mesmo tempo tinha sensação de flutuar. Fui até o banheiro e abri a agua da banheira. Me deixei relaxar ali. Estava quase adormecendo quando ele veio.

Com uma esponja e sabão começou a lavar minhas pernas, subindo para minha barriga e ao chegar nos meus seios eu já estava excitada novamente.

Ele estava do lado de fora da banheira. Abri a banheira para que a agua fosse embora e ele entrou dentro da banheira.

Foi a minha vez de pegar a esponja e lava-lo ele todo. Assim como ele eu comecei pelas pernas, mas ao chegar ao pau não aguentei, lavei ele todinho e em seguida voltei a lamber ele todinho. O pau dele tinha algo, não sei descrever o que era, mas era algo que me fazia ter prazer só de chupa-lo. Dessa vez ele não gozou na minha boca, me puxou e me abraçou. Foi um abraço tão gostoso. Em seguida me deu um delicioso beijo, levantei uma perna e encaixei o pau dele em minha buceta.

No meio do beijo senti a surpresa dele e o sorriso ao mesmo tempo.E não demorou e estavamos gemendo juntos enquanto faziamos aquela posição doida e excitante ao mesmo tempo. Sorri pra ele e fiquei de quatro novamente, convidando ele a dessa vez comer minha buceta.

Impressionante como o encaixe foi perfeito, ele metia tão gostoso na minha buceta que não era necessario nem eu me tocar durante.

Gozamos juntos mais uma vez.

Terminamos o banho e fomos deitar na cama dele.

Deitamos nus , abraçados, com o pau dele entre as popas da minha bunda.

Melhor loucura que fiz

Visita especial ( parte 1)

8 fev

Eles me enviaram uma mensagem dizendo que já estavam me esperando. Nervosa eu peguei uma bolsa, escolhi 3 conjuntos de lingerie e algumas calcinhas avulsas, 3 vestidos , um biquíni e uma camisola . Uma necessaire com perfume , escova de dentes, escova de cabelo . Coloquei um vestido , uma calcinha e uma sandália alta. Estava pronta pra ir . Mega nervosa, porém pronta. 

Cheguei na portaria do hotel e disse que iria pegar um casal de amigos. Não tinha vaga em lugar nenhum , fui para o estacionamento privativo . Subi as escadas e avisei a eles que havia chegado. Ainda nervosa , esperei. 

Os dois me avistaram e vieram , lindos e sorridentes. Parecia que eu era a única nervosa. Sorri , abracei os dois , fomos para o balcão fazer o meu check in. Eu descobri que era a prima deles que morava na cidade. Subimos para o quarto , eles me contando o que já haviam feito . Chegamos no quarto e eles me ofereceram água e o sofá para sentar . Já havíamos conversado muito antes deles chegarem. Sentei no sofá e a Fernanda me contou sobre as coisas que ela é o Renato já haviam feito, me contaram um pouco sobre a vida deles , eu comentei que estava um pouco nervosa , porque nunca havia feito nada assim antes e ambos me olharam com carinho , porque eles também nunca tinham feito nada com outra mulher. 

Me mostraram que eu teria uma cama, um kit com sabonete, shampoo e condicionador e ao lado desse kit estavam duas sacolinhas. Eles sorriram e disseram que eram presentes deles para mim . Um creme hidratante de massagem e um par de brincos . Abracei os dois , eles acertaram em cheio . Amei tudo. 

Voltei a me sentar no sofá enquanto o Renato avisava que iria tomar banho , em seguida a Fernanda entrou no banho também , então ambos me chamaram . Eu fiquei sem graça no início , mas logo me senti parte quando o Renato passou a ensaboar os seios da Fernanda e os meus. Beijou a esposa e depois me beijou. Foi ensaboando nossos corpos , minha timidez passou rápido . 

Saímos do banho e pedi que fizessem massagem no meu corpo . Deitei na cama deles com a bunda pra cima e não demorei a sentir 2 mãos em cada perna, sensação deliciosa e excitante. Eles foram subindo , para meu bumbum ,passando creme em cada banda. Me excitando com a proximidade das mãos na minha buceta depilada, eu já estava suspirando quando subiram para as costas e me pediram para virar. Eu virei , olhei para o casal nu , um de cada lado , com as mãos com creme , prontos para massagear e provocar meu corpo. Aquilo era bom demais pra ser verdade , fechei os olhos e deixei as sensações me excitarem. As mãos voltaram a tocar minhas coxas, entre minhas coxas, me provocando , mas não tocando ainda onde eu esperava. Senti então duas mãos afastando minhas pernas e um hálito quente próximo a minha boceta. Senti também duas mãos massageando minha barriga , parecia uma carícia  de tão leves. Senti dedos me abrindo e uma boca fechando ao redor do meu clitores, meu corpo se arrepiou inteiro . Senti mãos sedosas se aproximarem dos meus seios e massagea-los , senti também uma boca se fechando ao redor de um mamilo . Eu não aguentei, comecei a gemer com tantos estímulos ao mesmo tempo. Ela acariciava um seio e mamava o outro , ele chupava, lambia e até mordia meu clitores . A situação toda me deixou muito excitada e ali tive meu primeiro orgasmo da noite. 

Eles me deixaram alguns segundos quieta , curtindo aquela sensação maravilhosa e louca. 

Em seguida foi a vez da Fernanda . Ela deitou de costas e começamos a fazer massagem e a espalhar hidratante nela. Que pele sedosa ela tinha , fiquei impressionada , fizemos da mesma forma que eles fizeram comigo . Pernas, provocando um pouco ao passar pela bunda  e subindo para as costas. Ela virou e começamos pelas pernas , eu não resisti e a provoquei passando minha mão próxima a buceta dela, vi que não reclamou e o Renato olhou sorrindo pra mim , instigando a ir em frente . E eu resolvi ir , comecei passando a mão por cima da boceta. Ela não falou nada. Separei com os dedos e comecei a massagear o clitores dela, sempre olhando para o rosto e vendo a reação . Ela estava de olhos fechados , mas vi que começou a mordiscar os lábios e a soltar gemidos de prazer.  Renato começou a passar hidratante na barriga dela enquanto me pedia para que eu a chupasse. Eu fiquei meio receosa, não sabia se iria gostar. Enquanto eu decidia se iria chupa-la , continuei a masturbação e notei que ela estava cada vez mais úmida, mais melada. Renato me olhava e sorria, parecia que ele já me conhecia a muito tempo e sabia que minha curiosidade iria vencer. E venceu! Me abaixei, separei os lábios e comecei a lamber, fazendo como eu gostava de receber. Depois que lambi e senti o gostoso sabor , suguei delicadamente, fui aumentando a pressão . Fernanda deu um grito e eu fiquei apavorada de medo . Será que eu havia machucado ela? Olhei pra Renato e ele conhecendo bem a esposa, olhou pra mim sorrindo é disse : 

-Não pare, esse grito é sinal de que ela está gostando muito do que você está fazendo ! 

Sorri aliviada e voltei a sugar, dessa vez mordiscando um pouco . Renato começou a mamar os seios, aquela visão estava maravilhosa. A buceta da Fernanda inchada , toda melada e o Renato mamando com vontade os seios dela . Ela começou a gemer alto e a dizer que iria gozar . Eu comecei a sugar com mais vontade e mais força , queria ser a causadora do primeiro orgasmo da Fernanda . Não demorou nada e ela gemeu muito alto, o corpo começou a tremer e eu sorri olhando pro Renato. Sai de entre as pernas da Fernanda e ela me puxou para me beijar, eu estava toda melada do orgasmo dela , mas isso não a incomodou . Me beijou gostoso e agradeceu . Disse que era a primeira vez que uma mulher fazia oral nela e que ela tinha amado . Renato olhou pra mim todo feliz, veio e me beijou. O pau dele estava duro como uma rocha. Olhei para a Fernanda e falei que agora era a vez do Renato receber a massagem . 

Ele deitou de barriga para baixo todo feliz que tinha agradado a esposa e a mais nova amiga. Eu Fernanda sorrimos da atitude dele, parecia um menino que tinha ganhado presente do papai Noel . Começamos então a passar hidratante nas pernas dele, subindo para as coxas, eu não resisti e mordi aquela bela bunda, Fernanda deu uma risadinha e mordeu também. Passamos nas costas e ombros. E aí ele virou! Olhando pra gente deu uma risadinha. O pau continuava ali , duro e reto. Mas continuamos com o ritual , começando pelas pernas e subindo . Cada uma acariciou cada coxa e fomos provocando, chegando próximo ao pau,porém não tocando nele. Até que a esposa , a Fernanda não resistiu e começou a chupa-lo , ele reconheceu a boca , abriu os olhos , me viu passando hidratante na barriga e não pensou . Me puxou e me beijou gostoso, eu ainda tinha a mistura da Fernanda na boca ( o gozo e a saliva dela) , misturou com a saliva dele e ficou delicioso, ele sugou minha língua me fazendo ficar com a boceta melada. Depois desceu para meus seios, lambeu e chupou eles com vontade. Eu estava a ponto de gozar novamente e o Renato percebeu, colocou os dedos na minha boceta e começou a massagear . Eu olhei para a Fernanda e fiquei impressionada, como ela era habilidosa em chupar o pau do marido. Só de olhar ela chupar e sentir ele me masturbando não aguentei , gozei na mão dele e gemi alto também . Renato então me deixou relaxar , deitou a Fernanda e colocou as pernas dela nos ombros dele e meteu forte dentro dela. Era lindo demais , ficar ali observando o casal fazendo sexo selvagem. Ele avisou que iria gozar , ela pediu que ele gozasse na boca dela. Os dois rapidamente mudaram de posição e ela voltou a chupar ele, não demorou e ele estava jorrando na boca dela. Fiquei maravilhada com a visão . 

Ela então disse que estava com fome, eu confessei que também estava . Pedimos serviço do hotel , três sanduíches para três pessoas famintas. 

O concierge disse que demoraria em torno de 30 minutos , tempo suficiente para que tomássemos outro banho .

Lingerie Day

1 fev

Eu estava escolhendo uma lingerie para o #lingerieday. Ele me viu olhando e analisando cada uma e achou que havia esquecido alguma data especial.Eu percebi ele olhando , mas nada comentei. Sabia muito bem que imaginar a namorada dele no twiter só de lingerie seria impossível, provavelmente brigaríamos.

Escolhi uma super sexy que nunca havia colocado e pedi que ele tirasse uma foto, ele me olhou desconfiado , mas tirou.Adorei a foto , mas não coloquei no twitter em seguida.

Troquei de roupa, coloquei outra calcinha não tão nova, um vestido e o convenci a sairmos para dançar.Bebemos mais do que devíamos e eu comecei a dançar um pouco mais sexy. Ele me olhou já sabendo minhas intenções, mas nada falou. Disse que estava cansado e se sentou, e eu elétrica continuei a dançar.

Estava tão relaxada que não me dei conta de que a pessoa que estava me encoxando não era meu namorado. Senti algo duro e pensei “finalmente ele entrou no clima”, doce engano. Ao me virar para beija-lo vi que era um homem,alto e negro. Parecia um modelo de revista. Fiquei impressionada. Ele sorriu para mim, e disse que eu estava muito sexy. Quase me derreti, o namorado vendo a cena veio correndo. Foi quase cômico. Me senti super desejada, ambos começaram a dançar comigo. Bebemos mais alguns shots de tequila e confesso que aquilo acendeu meu fogo.

Falei para o namorado para irmos a um hotel ,mas o moreno disse que poderíamos ir para casa dele.Não deixei o namorado pensar muito,pegamos um taxi e fomos.

No taxi o moreno beijou minha boca e o namorado começou a mamar um seio.Em segundos eu estava molhada.

Pro meu azar não demorou 5 minutos pra chegarmos ao apartamento.Chegamos e o namorado e o moreno foram arrancando minha roupa, me beijando,me mordendo. Eu pedi para que alguém filmasse, eu queria muito assistir sóbria ao filme depois. O moreno montou a filmadora dele e filmou tudo.

Em casa, ao assistir no dia seguinte não acreditamos na loucura que fizemos.

O filme começava comigo ainda de calcinha pedindo para eles tirarem fotos sexy’s de mim para colocar no twitter , e o namorado falando que só iria para o Twitter se ele gozasse na minha boca. Ele sabia que eu não curto muito , por isso falou. Tirou as fotos e o moreno foi tirando a roupa, puta merda. Que moreno delicioso, eu estava louca pra provar ele inteiro.

Comecei a beijar a boca dele enquanto meu namorado acariciava minha bunda,senti a língua dele ao redor do meu cu e tremi de tesão. O moreno então começou a mamar meus seios. Puxei o namorado e comecei a mamar o pau dele, ele nunca admitiria, mas ele estava com tanto tesão quanto eu. E eu sabia que aquela chance seria a única que ele me daria.

Comecei então a chupar o pau do moreno, um pau grosso e longo, não fazia ideia de como ele entraria em mim.Então comecei a sentir o namorado preenchendo minha xaninha com o pau dele, não demorou e gozei, pedi então pra sentir os dois paus ao mesmo tempo. Era uma fantasia que eu nunca havia realizado.

Meu namorado colocou devagar no meu cu e o moreno na minha xaninha. Nunca imaginei nada igual.Foi 30 vezes melhor do que eu imaginava.Eu gozei varias vezes nessa posição, realmente perdi a conta.

O namorado falou que já que ele realizou minha fantasia gostaria que eu realizasse a dele.Estava ainda tão excitada que falei que faria o que ele quisesse.Qual não foi minha surpresa ao escutar que queria ele queria que o moreno me pegasse de 4,nossa posição favorita. Olhei pra ele sorrindo e agradecendo muito,amo de 4. E ai veio mais surpresas, o moreno abaixou para enfiar aquele enorme pau em mim e de repente o pau dele pareceu ficar mais duro, me excitou muito a mudança, não vi na hora o motivo, mas no video eu podia ver.

O namorado estava comendo o moreno,aquilo me excitou muito,o video todo estava muito gostoso.

Eu não aguentei muito tempo e gozei, em seguida foi o namorado e o moreno. Para a alegria de ambos pedi para chupa-los, assim engoliria o gozo de ambos. Meu namorado ficou super feliz com meu pedido. E me atendeu, me dando litros de porra, assim como o moreno.

Estávamos exaustos , mas o moreno nos convidou para um banho. No banho brincamos ,rimos, gozamos mais.

E tive uma ideia, tiramos uma foto os três juntos de cueca e colocamos as três bundas no nosso twitter.

Só de lembrar me molho inteira.

No Taxi

4 jan

Estávamos no taxi indo para o aeroporto. Eu estava super excitada em rever meus amigos e ao mesmo tempo triste em deixar meus novos amigos.

Ele me observava calado. Eu olhava aquela paisagem que já havia visto uma vez ( quando havia chegado).

Vi que ele começou a meio que deitar no taxi, perguntei se estava tudo bem e ele respondeu que sim.

Havíamos namorado por 3 meses e agora éramos apenas”amigos”.

Eu estava excitada , mas estava me controlando. Ele parecia relaxado.

Encostei no banco e ficamos próximos, fiquei observando aquela boca que eu tanto gostava e aquele nariz perfeito.

Auto controle garota, eu pensava.Se ele quiser ele que se mova.

Parece que ele escutou meus pensamentos. Não demorou nada e estávamos com os lábios colados e começando a ficar ofegantes. Era um beijo de varias etapas. Começou delicado,não demorou nada e evoluiu para um beijo excitado e quando me dei conta virou um beijo urgente,louco.

Daqueles que você rasga sua roupa para sentir no resto do corpo.

Eu usava um vestido com um decote razoável levemente longo vermelho .Ele uma blusa branca e bermuda preta.

Enquanto nos beijávamos senti os dedos dele vagarem por meu pescoço e acariciarem de leve meus seios, a aparte que dava para ver no vestido.

Eu estava com um certo receio do taxista nos olhando, mas o beijo estava tão bom que esqueci ele em segundos.

Não faço ideia de quanto tempo durou o beijo, o que sei foi que quando me dei conta ele estava me puxando para sentar no colo dele. Não pensei duas vezes, sentei e continuamos a nos beijar. Meu pescoço estava sensível devido a nova tatuagem e ele sabia disso. Colocou meu cabelo de lado e começou a beijar, mordiscar e a lamber meu pescoço. Eu estava tentando controlar meus gemidos, confesso que estava extremamente difícil.

Comecei a fazer movimento de vai e vem em cima dele. Estávamos vestidos e o único pensamento que eu tinha na minha cabeça era deixa-lo louco. Deu certo, não demorou e ele estava com as duas mãos na minha bunda tentando me fazer esfregar co mais vontade. Nós nos beijávamos com tanto tesão, eu queria arrancar toda minha roupa.

Não resisti, coloquei meus seios para fora do decote, ele me olhou com uma cara de quem me chama de louca.Não demorou nem um segundo e lá estava ele lambendo com toda vontade. Como era bom sentir aqueles líbios , aquela língua em meus seios novamente. Quando ele mordiscou um dos seios eu sem querer soltei um gemido que o fez perder o controle.

Achei que a brincadeira iria acabar ali, ele nunca gostou de fazer nada na frente dos outros.

Ainda bem que errei. Ele voltou a me beijar enquanto abria a bermuda colocava aquele pau enorme para fora da cueca box e afastava minha calcinha.

Eu estava encharcada, o pau dele deslizou com muita facilidade para dentro da minha bucetinha. Entrou de uma vez e me fez perder o fôlego, não demorou e eu estava cavalgando com vontade naquele pau delicioso. Ele ditava o ritmo segurando minha bunda com as duas mãos e ao mesmo tempo hora me beijava , hora mamava meus seios.

Eu não demorei nada e gozei.Eu queria parar alguns segundos para curtir aquela sensação. Ele não deixou, ao me ver desacelerando o ritmo, ele começou a  fazer o movimento vai e vem , não me permitindo parar.Aquilo me deixou louca, não demorou e lá estava eu gozando novamente. Ele me conhece bem e sabia que isso iria acontecer.

Estava curtindo as sensações com ele ainda duro dentro de mim , quando ele começou a se mover e a me fazer cavalga-lo novamente. Eu não percebi o real motivo no momento. Acabei gozando novamente, e mais uma vez ele não me deixou parar. Quando eu estava me empolgando na cavalgada novamente ele tirou o pau da minha buceta e colocou no meu cu.

Quase morri de susto, estava tão excitada e molhada que quase não senti dor.Não deu tempo de raciocinar.Estava cavalgando no pau dele com todo tesão . Não demorou nada e gozei. Que loucura. Ele mamava enquanto comia meu cu, senti que ele mordeu com vontade e vi que naquela hora ele havia enchido meu cu de porra.

Deu tempo de ambos relaxarmos 10 minutos e o taxi chegou ao aeroporto. Melhor despedida que tive.

S.C.T

31 dez

Ele abriu a porta enquanto eu pegava minhas coisas no carro. Olhou, analisou o quarto de motel que havia escolhido. 

Entrei. 

Fui direto para o ar condicionado, queria ligar no modo frigorífico. O calor estava terrível .

Ele me puxou, eu voltei o corpo na direção dele e nos encaixamos em um abraço , enquanto uma mão passava pelo meu cabelo recém lavado . A barba roçou no meu rosto e as bocas se encontraram . Um beijo gostoso, cheio de tesão e carinho eu recebi e retribui. 

Me afastei para olhá-lo, ambos estávamos sorrindo. 

Aí parece que o filme começou a passar em câmera rápida . Ele tirou a blusa e com um puxão saíram as calças e a cueca. Eu olhava e sorria, que ágil esse homem é , eu pensei. 

Eu tirei minha blusa, sutiã, short e a calcinha ele tirou. Parecia impaciente. Só de pensar acabo sorrindo. 

Estava nua olhando pra ele e sorrindo, ele sorri de volta e me dá outro beijo excitante.

Me empurra na cama e mete aquele pau grosso que conheço tão bem. Como estava a muito tempo sem fazer nada , sinto ele me abrindo, me rasgando, me dilatando e me lubrificando. Conforme ele mete mais fundo , mais molhada fico e mais excitada também . 

As bolas batem na minha bunda, fortes, rápidas, me deixando com ainda mais tesão. É uma sensação tão maravilhosa que não demora e gozamos juntos. 

Ele abre minhas pernas e começa a lamber minha buceta, que está completamente melada,sensível e latejando do orgasmo que acabou de ter. 

Esse filme se acelera mais.

 Ele lambe, chupa , acaricia meu clitores com tanta vontade , tanto desejo que não demora nada e gozo novamente. Dessa vez em sua boca.

Ele me puxa novamente para o início da cama e mais uma vez mete aquele pau grosso em mim. Parece um sonho que não tenho a menor vontade de acordar. Mete fundo, mete gostoso, bate as bolas na minha bunda, aperta um seio com vontade! Peço para apertar o outro com força também . Não demoro e gozo novamente. 

Ele então deita ao meu lado , sorrindo, com o pau incrivelmente duro. 

Não aguento , deito entre as pernas e começo a chupar o pau dele. Cabeça rosada,me pedindo pra lamber , chupar e engolir. Enquanto o chupo escuto ele elogiando, dizendo o quanto minha boca é gostosa. Paro, olho para ele, dou um sorriso e volto a chupar . O sabor é adocicado , nossos fluídos misturados são realmente deliciosos. 

Chupo por um tempo e minha vontade de cavalgar nele é muito grande, não resisto , subo nele e sento devagarzinho .

Que sensação deliciosa, começo então a acelerar a cavalgada . Ele segura minhas mãos e cavalgo cada vez mais rápido, com ele , me abaixo um pouco para que ele alcance meus seios , ele abocanha um seio e sinto sua barba arranhando minha pele e provocando sensações tão gostosas que por segundos perco o ritmo da cavalgada e foco na boca dele. Tiro meu seio da boca e encaixo a minha boca na dele, esse tempo que me perdi foi o tempo que ele me puxou pro peito e começou a meter rápido. Rápido e forte , do jeito que ele sabe que gozo. Começo a perder a noção e a gemer mais alto , sinto que não irei aguentar mais e aviso para ele, com um sorriso escuto um : relaxa e goza. Obedeço e gozo mais uma vez e deixo o pau dele ainda mais melado . 

Descansamos um pouco e pedi para ser penetrada de 4, minha posição favorita. Ele sorrio e me colocou na minha posição favorita , entrou devagar e foi aumentando o ritmo . Me empolguei e pedi que ele me batesse, esquecendo de especificar onde . Sinto então tapinhas na bunda e com um misto de divertimento e excitação dou risadas e explico que me referia às bolas dele bater no meu clitores . Ele então começa a meter mais forte e rápido fazendo com que eu levasse uma surra de bolas e gozasse . 

Ele queria mais! Me colocou com as pernas bem abertas e meteu fundo. Confesso que estava super sensível, ainda me recuperando do último orgasmo e ele não sei como conseguiu fazer com que eu gozasse novamente . Dessa vez eu fiquei sem forças , e puxei ele para perto do mim . Conversamos, curtimos a companhia um do outro e fomos tomar banho. 

Foi como eu lembrava, ele super carinhoso , passando o sabonete pelo meu corpo e me provocando arrepios e vontades. A água bateu na minha buceta e provocou ardência. O sexo gostoso e frenético havia provocado essa dorzinha que chegava ser gostosa. Terminamos o banho , nos beijamos, ele me ajudou a colocar o sutiã , nos vestimos e conversando fomos embora. 

Penso nele e sinto um misto de saudade , carinho e tesão. 

Surpresa

28 dez

>

Acordei excitada, com vontade de ter um pau em minha boca.

Pensei nos possíveis candidatos.

E um em especial me pareceu o mais atraente de todos

Ele tinha seu apartamento próprio, não precisaria me preocupar com barulhos ou reclamações.

Sai do trabalho, passei em uma loja de sabonetes e velas, comprei uma vela cheirosa que conforme queima a cera o cheiro fica delicioso e a cera vira um óleo.

Passei também em uma loja de lingerie, já que queria ter uma noite mágica tudo sairia perfeito.

Comprei um sutiã preto com alguns detalhes em rosa e uma calcinha minúscula com cinta liga
Eu já tinha um sapato de salto altíssimo, que minha vitima havia elogiado.

Cheguei em casa e tomei um banho demorado e gostoso, em seguida tomei um banho de hidratante com meu perfume favorito.

Maquiei-me e comecei a vestir a calcinha e o sutiã em seguida a cinta liga, resolvi que seria mais excitante colocar apenas um, sobretudo por cima, e foi o que fiz.

Peguei a vela e coloquei na pequena bolsa que escolhi pra usar com a “roupa”.

Tranquei a porta da minha casa, entrei no carro e fui pra casa dele. Já eram 8 horas da noite, ele estaria chegando a casa.

Cheguei à porta da casa dele, peguei meu celular e liguei para ele.

-Oi, estou com vontade de te ver!

-Huuuum, que delicia! Em quanto tempo você chega aqui?

-Já cheguei, abra a porta pra mim, detalhe, você tem que abrir a porta de cueca branca box! Se não volto pra casa!

-Que delicia hoje você está exigindo é?!

-Se demorar muito vou embora!

-Ok, deixa eu fazer então o que você manda minha delicia!

E desliguei o celular e esperei 5 minutos, estava sem paciência, se ele demorasse mais ligaria o carro e iria embora.

E foi então que o vi na porta da casa de cueca branca box, a luz acesa atrás dele fazia a cena ficar mais gostosa.

Abri a porta do carro ,sai,fechei e apertei o alarme.

E foi então que ele me viu, no, sobretudo e pelo pau duro dele, percebi que ele havia gostado do que viu.

-Oi delicia. Ele falou

-Tá duro como gosto. Respondi com um sorriso

E sem falar nada ele colou os lábios aos meus e fui com a mão ávida por aquilo que chamou minha atenção.

E começou assim, na porta da casa dele nossa noite.

Ele me puxou pra dentro da casa ainda com os lábios acariciando os meus e eu com a mão em seu volume delicioso.

Já dentro da casa dele nos soltamos e sorrimos sim eu estava com saudades daquele homem que alem de ser delicioso na cama, sabia me fazer sorrir e ao mesmo tempo me excitar.

E ele parecia estar radiante com a surpresa, ele parou olhou minha roupa e foi nessa hora que abri o sobretudo e o pau dele quase pulou pra fora da cueca.

-Nossa delicia, nunca te vi tão deliciosa assim antes, existe alguma ocasião especial pra eu ter tudo isso?

-Existe, estou com saudades de você, e acordei excitada pensando em como seria essa noite.

Ele sorriu satisfeito com a surpresa e com a resposta.

Então voltou a me beijar, descendo por meu pescoço e beijando meus seios por cima do sutiã, não demorou e ele tirou e beijou com vontade meus seios.

Eu não agüentei e comecei a gemer baixinho, aquilo pareceu excitá-lo ainda mais. Arranquei a cueca dele e toquei aquele pau duro.

Ele sorriu e falou:

-Vamos beber algo?O que você gostaria?

-Huuum tequila?? Ou você teria ice? Respondi

-Opaaa eu tenho tequila, topa?

-Topo, mas só uma. E andei até o bar com ele apenas de calcinha cinta liga e salto alto

Ele serviu duas doses e ficou me observando.

Fiquei curiosa com a situação e perguntei o motivo da analise

Ele respondeu que eu ficava muito linda seminua

Sorri e bebi minha tequila.

Aquilo me deu um fogo que ao terminar andei em sua direção e o beijei com todo o tesão que estava sentindo. Ele me pegou no colo e me levou para cama.

Nós nos beijávamos ávidos um pelo corpo do outro. Beijei o pau deu com vontade,sugando ,dando leves mordidinhas e ele fazia o mesmo comigo. Eu já estava quase gozando com nosso meia nove quando ele subiu em cima de mim e me penetrou fundo e forte. Aquilo me fez gemer alto, arranhei as costas dele querendo mais, ele continuou a me penetrar forte, minhas pernas estavam em seu ombro. Eu estava quase gozando e ele parecia que ainda iria demorar, então fomos pra posição favorita dele, eu de quatro.

Ele meteu com a mesma força e vontade de antes, agora eu gemia alto pedindo mais, ele segurava em minha bunda fazendo o vai e vem ser mais forte.

E não demorou gozamos juntos.

Deitamos na cama relaxamos um pouco, ele falou coisas agradáveis e sorri como de costume, e foi aí que lembrei da vela que comprei.

Eu sei que quando ele toca meu corpo, mesmo com uma simples massagem, ele fica excitado e essa noite eu queria ele de todas as formas e jeitos.

Levantei da cama, peguei a vela, mostrei como funcionava, sem mostrar que aquilo fora calculado meticulosamente.

Ele começou a fazer a “inocente” massagem, e eu comecei a relaxar.

Até a hora que senti a mão dele abrindo meu bumbum para enfiar o pau duro na minha bucetinha molhada.

Empinei um pouco o bumbum e entrou facilmente, ele enfiou tudo e tirou tudo, repetiu isso algumas vezes até eu implorar pra ele meter mais rápido sem tirar o pau de dentro de mim.

Ele então entrou com tudo em mim, forte, rápido, com muito tesão, eu sorri e gemi feliz de estar sentindo aquela coisa deliciosa em mim.

Não sei se ele cansou, mas em seguida deitou de lado, em forma de colher, aquela posição estava gostosa, mas eu queria sentir o pau dele todo dentro de mim.

Então ele ainda de lado eu meio que encaixei nele passando uma perna minha por entre as pernas dele, ele sabia que adoro essa posição e que ele goza muito mais rápido que eu.

Então começou a me masturbar para acelerar e gozarmos juntos, olhar a cena dele me penetrando e me masturbando acelerou e muito meu orgasmo, eu gemia alto, e não demorou muito gozamos juntos.

Já deu pra ter uma noção de como foi terminar a noite né? Gozamos muitas vezes a noite toda.

Sai da casa dele por volta do meio dia e ele me levou para almoçar.

Depois fui pra casa tomar um banho e dormir, afinal, transar a noite toda cansa né?

Até o próximo conto